St. Trois lança as novidades de alto-inverno da coleção ReConnexion FW 2024

  • Moda
  • 02/05/2024 - 09:54
  • 188 Views

Focada na elegância, conforto e refinamento, a marca utiliza couro italiano devido à qualidade superior, além de matérias-primas somente certificadas

Um passeio pela sua própria trajetória na moda em couro com leveza, fluidez, conexão com a natureza e com as raízes da marca. Essa é a essência da Coleção ReConnexion Fall Winter 2024 St. Trois. São sete linhas concebidas por sua diretora-criativa, Gabriela Trois, que vão do minimalismo à ousadia fashionista. Destas, quatro delas têm reconexão com as criações históricas da grife: Rêve, Élément, Art e Poésie. Apresentam referências baseadas no início dos modelos em couro premium produzidos pela família Trois, há 35 anos, com a precursora Janete Trois, imprimindo a expertise que traz desta longa e visionária trajetória de trabalho artesanal em couro.
Modelos - Para proporcionar elegância e sofisticação na estação das baixas temperaturas, a coleção conta com cerca de 91 modelos. São calças, tops, jaquetas, saias, vestidos, bodies, casacos, blazers, parcás, entre outras peças. As linhas desenvolvidas vão desde o estilo clássico atemporal, passando por modelos tradicionais revisitados, até a aposta em detalhes marcantes, com destaque às franjas, fivelas, tomas, ilhoses e matelassês.
Novidade - A Coleção ReConnexion traz o desenvolvimento da linha Mixte, que compõe couro, a uma base têxtil, com elastano em sua composição. A malha é proveniente de tecelagem brasileira, proporcionando modelagens confortáveis. São peças que agregam atitude ao visual, tornando os looks mais democráticos e versáteis, acessíveis a diferentes estilos e gostos.
Cores - A paleta de cores é composta pelo bronze, branco novo, rosa antigo, saddle (tom de argila), taupe (verde amarronzado), azul, pewter (prata mais escuro), rum, eletro (vermelho mais fechado), preto e Chanel (caramelo claro). As estampas dos pythons foram elaboradas exclusivamente à St. Trois, com o desenvolvimento de acabamento personalizado. Hologramas da marca estão presentes nos forros, em quatro cores, que são utilizadas nos 12 tons da coleção.

As 4 linhas de reconexão com criações históricas da marca
“Rêve” – Looks com cortes horizontais e tomas, conferindo minimalismo e leveza às peças. Entre as apostas que integram essa família, está a calça boot cut, que alonga a silhueta com seu ajuste até o joelho, abrindo-se levemente em seu acabamento.

“Élément” – Resgatando as raízes da grife, a linha traz as fivelas em seu shape. Peças mais fashionistas e ousadas, entre calças, jaquetas metalizadas e vestidos. Looks que valorizam o “agro style” requintado brasileiro.

“Art” – Possui peças totalmente em matelassê e outras que apostam em seu detalhe localizado. Golas em pele e looks em tonalidades metalizadas compõem as modelagens. Vale destacar nessa linha o trabalho de duas horas para que os 90 mil pontos de matelassê sejam bordados em cada pele de couro de cabra.

“Poésie” – As peças dessa linha fazem total resgate às origens da St. Trois, apostam em conceito e na produção artesanal. Longas franjas, tressês e ilhoses, em um trabalho praticamente todo manual, dão destaque às jaquetas, calças e saias.

Sobre a marca St. Trois e sua trajetória

Há 12 anos no mercado brasileiro com marca própria, a St. Trois é especializada e reconhecida na produção de moda em couro de cabra, couro de cobra python e peles naturais. Traz em sua trajetória a expertise conquistada há três décadas e meia pela família Trois, completadas neste 2024, que se dedicou à criação de moda em couro para private label de tradicionais grifes nacionais.

A favor do movimento slow fashion, a St. Trois prima por peças feitas à mão e produzidas artesanalmente no St. Trois Lab - laboratório de inovação e inspeção de qualidade, localizado em Porto Alegre, na Maison St. Trois. As peças da grife podem ser encontradas em multimarcas do Brasil, nas lojas próprias da marca em Porto Alegre – Maison St. Trois - e no litoral do RS, no espaço St. Trois Plage, em Atlântida. No digital, está no instagram @sttrois.

div: Dixon
Crédito fotos: Rodrigo Melo