Arquitetos Voluntários ampliam infraestrutura da Associação Hospitalar Vila Nova em Porto Alegre

  • Saúde
  • 26/05/2020 - 16:30
  • 320 Views

Iniciativa contempla duas salas de descompressão, uma de descanso e mais área externa.

O momento ainda é de isolamento social para aqueles que podem ficar em casa, mas os profissionais da saúde - essenciais na contenção do novo coronavírus - seguem trabalhando incessantemente para cuidar e proteger a população mais vulnerável à Covid-19. Por isso, mais uma vez, os Arquitetos Voluntários reforçam o seu compromisso em levar bem-estar para esses verdadeiros heróis da saúde. A Associação Hospitalar Vila Nova, localizada em Porto Alegre, receberá duas salas de descompressão, mais uma sala de descanso e área externa, para que médicos, enfermeiros e técnicos que fazem atendimento de Covid-19 possam renovar suas energias.

A Associação Hospitalar Vila Nova é uma instituição privada, sem fins lucrativos, filantrópica, que atende à população em geral há mais de 55 anos. Desde 2012, a entidade dedica-se 100% dos seus atendimentos ao Sistema Único de Saúde - SUS. De acordo com a arquiteta e coordenadora do projeto no Vila Nova, Monique Fontes, o projeto vem para valorizar o trabalho e a dedicação daqueles profissionais que estão da nossa saúde neste momento tão delicado. “Serão salas mais agradáveis, onde eles poderão descansar e lanchar, mas que eles possam também se sentir acolhidos, mais leves e relaxados. Acredito que a área externa será um super presente ao hospital, pois percebemos que é um local muito usado pelos funcionários e que não tem nenhuma infraestrutura. Com certeza será um trabalho lindo e cheio de amor”, explica a arquiteta Monique.

“Nós também já percebemos o engajamento da comunidade na região do Vila Nova para a ampliação de recursos. Isso fortalece ainda mais a causa, pois é extremamente importante contar com o apoio dos moradores. Esperamos cada vez mais que as pessoas tenham essa consciência. Toda ajuda é bem-vinda”, ressalta a idealizadora do projeto Arquitetos Voluntários, a arquiteta Daniela Giffoni.

Para o desenvolvimento e execução desse projeto, a equipe conduzida por Monique será formada pelas arquitetas Agatha Arboitte, Silvana Ullmann, Elisa Martins, Carolina Lisot, Karen Feldman e Fernanda Henckel, e o engenheiro José Luis Fontes.
Contudo, por mais que empresas de mobiliário, eletrodomésticos e revestimentos dos mais diversos já tenham aderido à causa com doações, o grupo ainda enfrenta dificuldades para buscar novos apoiadores - empresários, lojistas e indústria - para replicar o modelo em outros hospitais e não sobrecarregar apenas uma marca. Por isso, uma Vakinha Online foi criada para arrecadar recursos a serem revertidos em produtos e materiais necessários. As doações podem ser feitas no site http://vaka.me/960758

Esse movimento surgiu com a iniciativa da Grow, aceleradora de startups, que está puxando um Hackathon - evento para discutir ideias e desenvolver softwares a fim de criar soluções para problemas específicos - para o enfrentamento ao Covid-19.

Divulgação: Faro Comunicação
Foto: reprodução Linkedin