728 x 90

Novo espaço de escritórios compartilhados chega a Porto Alegre juntamente com franquia de cafeteria

O empreendimento, localizado na tradicional Rua dos Andradas, conta com cinco andares de salas de trabalho, reuniões, auditório e muita tecnologia.

Os escritórios compartilhados, mais conhecidos como coworking, seguem crescendo no país inteiro. Segundo dados do Censo Coworking Brasil 2018, só no último ano, o número de espaços aumentou 54%, hoje somando 1.194 de Norte a Sul do país. São Paulo lidera essa estatística, com 273 locais de trabalho compartilhado. Mas Porto Alegre segue ganhando novos espaços a todo momento. O mais novo está localizado na Rua dos Andradas 860, confirmando a tendência de revitalização do Centro Histórico da Capital dos Gaúchos. Trata-se do SZ Working, que juntamente com a conhecida rede Z Café, traz um novo conceito chamado Coffee Working, que propicia um ambiente de trabalho mais interativo e prazeroso e com muito lazer, unindo as duas propostas: trabalho e café.
O objetivo do empreendimento, segundo o proprietário Agostinho Zucchi, “é proporcionar ao centro de Porto Alegre uma opção diferenciada e única de local de trabalho compartilhado, com uma estrutura que integre os serviços e suportes necessários para atender o cliente, gerando networking em um ambiente harmonioso e descontraído”. Além disso, utilizar escritórios compartilhados reduzem custos operacionais e oferecem mais praticidade. Já a cafeteria, no modelo de franquia, complementa o negócio, oferecendo serviços para o público geral.

O projeto, desenvolvido pelo arquiteto Ênio Vivian, do Estudio Arquitetura, destaca o layout arrojado de toda a estrutura, que compreende mais de 1.000m2. O empreendimento contará com 29 salas de alto padrão, distribuídas em cinco andares, para coworking, reuniões, coaching, atendimento e auditório. Além disso, o novo local terá uma área de lazer no terraço com copa e sofás. O espaço vai comportar até 150 pessoas. “É um empreendimento diferente de tudo o que Porto Alegre já viu no mercado de coworking.”, completa Zucchi.

Soma-se a tudo isso muita tecnologia. O espaço conta com internet distribuída por meio de roteamento específico a partir de um link full, ligado a um roteador de fibra. A rede de wi-fi é segura, baseada no tipo de cliente. Os clientes de contrato contarão com estrutura de TI embarcada, podendo optar por diversas funcionalidades. Também é possível contratar banda reservada, o que garante velocidade de navegação. Os andares e salas terão redes separadas por VLAN, o que organiza e restringe os usuários ao seu próprio espaço, determinando segurança total para o contratante e aos demais. A telefonia, para clientes que contratarem este serviço, é dinâmica e de fácil acesso, permitindo o atendimento personalizado.

Divulgacão: Buda Comunicação
Fotos: Karina Busatto