728 x 90

Allwood mescla exclusividade, consumo consciente e arte

  • Moda
  • 23/03/2018 - 15:55
  • 461 Views

A marca já é a empresa de óculos em madeira com a maior variedade de modelos do Brasil, com cerca de 70 modelos no catálogo



O sonho de empreender em um negócio de baixo impacto ambiental e com valores sociais fez a Família Lufti ultrapassar divisas. Jorge, o pai, morando em São Paulo, e Mariana, a filha, vivendo em Porto Alegre, desenvolveram e consolidaram a marca de óculos de madeira ALLWOOD. Já é a empresa de óculos em madeira com a maior variedade de modelos do Brasil, com cerca de 70 modelos no catálogo. De produção artesanal, carrega no DNA o consumo consciente, arte e projetos sociais unidos em acessórios feitos em madeira certificada.

.

"Acreditando que temos a responsabilidade de pensar nos aspectos sociais, não queríamos estampar somente design nas peças, mas também levar e propagar a palavra consciência social a todos, pois cada um tem sua parte ou dever no planeta", destaca Mariana Lufti, sócia-proprietária. ALLWOOD, que existe há três anos e meio, surgiu depois que seu pai, Jorge Lufti, trouxe da Suécia um óculos de madeira. "Essa foi a nossa inspiração. Como eu já havia trabalhado em óptica, acumulava experiência no setor, começamos numa profunda pesquisa e experimentações até fazermos as nossas primeiras unidades", relembra o também sócio-proprietário Jorge.



A distância, de mais de mil quilômetros, não desencorajou os empreendedores, que desenvolveram e gerenciam a marca via aplicativo Whatsapp. "É uma empresa que tem dois corações (meio paulista e meio gaúcho). Do Sul, veio essência da marca, a forma de comunicação, as primeiras vendas, as primeiras feiras e eventos, até o nome é inspirado nas paisagens gaúchas, repletas de árvores de plátano", diz Mariana. Já a produção artesanal é toda feita em São Paulo por Jorge e mais dois designers.



As peças são com quatro tipos de madeira – Imbuia, Pau Ferro, Nogueira e Cabreúva -, e o Bambu, uma fibra muito resistente. "As nossas madeiras de plantio são aprovadas por instituições nacionais e internacionais que inspecionam e certificam a matéria prima. Todas elas são revisadas, tornando-se assim um produto mais orgânico, natural e de baixo impacto ambiental ", destaca Mariana. Os óculos são produzidos a partir da tecnologia de corte a laser e com acabamento manual. O trabalho é minucioso. Os designers serram, colam e alinham cada peça. A colagem e o tratamento da madeira são elaborados com materiais de origem vegetal e sem solventes.



E este "zelo" é usado em todas as etapas da produção. Os porta óculos, também em madeira, são confeccionados em parceria com a ONG Meninas da Marcenaria. No projeto Artistas do Brasil, grafiteiros levam para as caixinhas as suas artes. De acordo com Mariana, é uma forma de mostrar que o grafite é, sim, uma arte e precisa ser valorizada. A ONG Reciclar recebe todos os resíduos da marca e é desta instituição que vem o material de papelaria da ALLWOOD. E com o projeto Plantar e Cultivar, a cada dois meses, uma entidade ou projeto social recebe 3% do lucro total da empresa. "Buscamos mesclar o social, a arte e com a produção consciente num produto diferenciado", reafirma Mari.



Outro diferencial de produção da ALLWOOD, em relação às outras marcas, além da quantidade de opções de modelos, é que não há nos produtos uma variação de cor. "Não adianta a pessoal chegar e não gostar do modelo, porque ele não vai gostar da cor. O importante é ele ter várias opções de modelos para se encantar", defende Mariana. A marca trabalha com linhas, lançadas a cada seis meses, e que nunca saem de moda. "Estação não dita tendência. Para a ALLWOOD não existe coleção primavera/verão ou coleção outono/inverno e, sim, linhas especiais e, cada linha tem um nome. E elas sempre vão existir no nosso catálogo", diz.



Inicialmente criada para vendas online (e-commerce), a marca abriu a primeira unidade física no Shopping Iguatemi, na capital gaúcha. Os produtos são comercializados, também, na Loja Hemb, Art & Tattoo Bar e Mustache Zonal Sul. A segunda loja própria é no Bairro Pinheiros, em São Paulo, dentro da Galeria Como Assim?. No Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Paraíba as peças da marca são vendidas, ainda, em lojas de redes diversas, mas que conversam com a filosofia da ALLWOOD. No total, são 12 pontos físicos de venda no Brasil. A região Sul lidera as vendas físicas (a pessoa vai até a loja, experimente o óculos e leva para casa), mas nas vendas online, a liderança fica com São Paulo, seguido do Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro.



Na contramão da crise, em 2017, comparado ao ano de 2016, as vendas cresceram cerca de 50%, tendo o valor total reinvestido na empresa. Segundo Mariana, um importante motivo para esse dado, além do produto diferenciado, é o consumidor, que varia de 17 a 60 anos, homens e mulheres, passando pelas mais varias "tribos". "Tem o executivo, o estudante, o esportista, o roqueiro. Nosso produto não tem gênero nem classe. E isso é libertador", conclui.





LENTES POLARIZADAS

Todos os óculos de Madeira ALLWOOD são produzidos com lentes polarizadas que bloqueiam a entrada de parte da luz que é refletida, excluindo os raios luminosos que atrapalham a visão. Com isso há um aumento de contraste e uma eliminação dos reflexos. As imagens aparecem mais nítidas, assim melhorando a visão e seu conforto.



Além da proteção 100% contra os raios UVA e UVB, ele é perfeito para quem tem mais sensibilidade a luz. Isso ocorre por que os óculos com lentes polarizadas são feitos com polarização vertical, enquanto que a luz refletida pelo sol sobre superfícies planas é horizontalmente polarizada.

Informações:
http://www.allwood.com.br/

Divulgação: Phosphoros
Fotos: Divulgação