728 x 90

O artista plástico Cláudio Cupertino foi condecorado pela ONU.

  • Cultura
  • 10/01/2017 - 16:50
  • 927 Views

Em recente viagem aos Estados Unidos, o artista plástico Cláudio Cupertino, foi recebido na ONU para receber o prêmio "Selo de Ouro, concedido pela Organizações da Nações Unidas (ONU) em Nova York.
Durante o mês de abril de 2016, o artista teve uma de suas mais importantes obras, expostas na Sede ONU em Nova York. A obra "O Brasil Sem Ordem e Sem Progresso" que, orientado por curadorias em Nova York, teve o título renomeado para, simplesmente "Brasileira". Medindo 160 x 110m, na técnica óleo e acrílica sobre tela, a obra faz uma referência ao povo brasileiro, diante do atual cenário político.

A obra teve repercussão mundial, e foi exposta no Salão Terra, na sede da ONU nos Estados Unidos.
O artista desenvolveu uma técnica autoral, inspirado em estudos da Litografia, criada na Grécia por volta dos anos 1700. Onde o artista usa pedras e esponjas, para capitular o resultado das "Marcas Naturais".
Cupertino trouxe uma técnica antiga, para a arte contemporânea. O resultado é um intrigante panorama no artista plástico atual.
Cupertino soube da notícia que receberia o prêmio Selo De Ouro, concedido pela ONU, pela grandiosidade e conjunto da abra exposta, representando nação brasileira que chora, diante da desilusão na atual fase política. Uma obra que fala por si só.
Para Cupertino, que pinta há 17 anos, o dia da premiação, foi de reverenciar o momento tão importante em sua vida, pela grandiosidade do Prêmio internacional, recebido in loco e trazido para o Brasil, que representa a valorização de seu trabalho com a arte. O artista diz que pinta com a alma e com a emoção. Por isso, a obra diz tanto e representa tantas pessoas.

Contatos do artista:
Claudio Cupertino
(51) 99893-7462