728 x 90

O Banheiro da Bailarina marca estréia do Stúdio Sigma na Casa Cor RS

Ambiente da CASA COR RS, projetado pelo Studio Sigma e Raquel Ferreira, representa a delicadeza e a brutalidade da rotina de uma bailarina

Com a intenção de criar um espaço que refletisse a rotina de uma bailarina, o Studio Sigma (formado pelas estudantes de arquitetura e urbanismo Laura Lindenmayer, Maísa Viana e Simone Simionato) em parceria com a arquiteta Raquel Ferreira, desenvolveu o “Banheiro da Bailarina”. Com um estilo minimalista e romântico, o ambiente compõe um dos espaços da mostra CASA COR RS, que está aberta para visitantes até o dia 21 de agosto, no Petrópolis Tênis Clube (R. Faria Santos, 451 - Petrópolis, Porto Alegre - RS).

O conceito do projeto mostra a delicadeza em contraponto com o brutalismo da rotina de uma bailarina. “Com sua suavidade, a bailarina encanta à primeira vista, mas quando conhecemos melhor toda a sua rotina de ensaios incessantes, com machucados e calos, vemos a brutalidade que está por trás de toda a sua vida”, explica Maisa Viana.

A partir deste conceito, as arquitetas projetaram um espaço que oferece dois recantos pensados na rotina da bailarina. Uma penteadeira onde pode preparar-se para espetáculos e uma banheira para que ela possa relaxar após os ensaios. Um dos destaques de mobiliário é a bancada revestida de porcelanato com filete dourado, trazendo o diferencial em relação às usuais, o que dá um toque de requinte em um elemento que geralmente não recebe tanta atenção.

Seguindo a ideia da delicadeza, a cor escolhida para compor as paredes foi “rosa quartzo”, mas para representar o lado bruto desta rotina de ensaios, as criadoras do projeto optaram por uma técnica de aplicação com a tinta em cimento queimado, além do revestimento ao fundo da banheira, Soie Evian Matte, que com seus grafismos remete à sensação de movimento. Ainda sobre revestimentos, uma das grandes novidades deste projeto é o revestimento Papyrus, lançado neste ano, porcelanato vítreo com aspecto desgastado que reveste o chão e uma das paredes do banheiro, inspirado no desgaste dos antigos papiros egípcios.

O banheiro da bailarina marca a estreia do Studio Sigma na grande mostra que é a CASA COR RS. Para Simone Simionato, uma das sócias, esta é uma grande conquista, além de se tornar uma vitrine para apresentar o trabalho do escritório.

Divulgação: Buda Comunicação
Fotos: Eduardo Liotti