Centro Social Pe. Pedro Leonardi completa 17 anos com desafios

  • Saúde
  • 14/04/2022 - 14:56
  • 93 Views

Apenas 9% da receita vêm de doações espontâneas; Campanha "Amigos de Fé" quer aumentar engajamento da sociedade

No dia 21 de abril, o Centro Social Pe. Pedro Leonardi (Estrada Chácara do Banco, 71), na Restinga, em Porto Alegre, completa 17 anos. Próximo de comemorar duas décadas de acolhimento e atendimento a uma das comunidades mais carentes da capital gaúcha, a instituição encontra muitos desafios pela frente. O maior deles é o engajamento da sociedade em doações. Apenas 9% do dinheiro arrecadado, de forma espontânea, vêm da sociedade civil.

“Desde 2005 trabalhamos para garantir o acesso a direitos básicos através da oferta de serviços e projetos que trabalham o resgate da cidadania e dignidade, além de promover qualidade de vida”, afirma Claudionir Ceron, diretor do CSPPL. A maior parte dos recursos financeiros, 91%, provém de parcerias com a Prefeitura Municipal e Termos de Colaboração e de Fomento. Dinheiro que mantém projetos importantes, como as três Casas Lar que acolhem 23 crianças e adolescentes de zero a dezessete anos, temporariamente afastados de suas famílias. E outras 208 crianças e adolescentes, em situação de risco e vulnerabilidade social, que recebem atividades lúdicas, pedagógicas e socioassistenciais.

Sem a parceria do poder público, seria difícil, também, ajudar quem tem fome. Cem pessoas em situação de rua e risco nutricional recebem, diariamente, almoço gratuito. Só em 2021, 1.456 pessoas em situação de rua e vulnerabilidade social foram atendidas e 23.929 refeições distribuídas no Restaurante Popular Restinga, parceria com a Prefeitura. Para muitos, a única refeição do dia. “Aqui a comida é servida com amor e carinho”, revela Fagner, de 40 anos.

Mesmo com pouca ajuda da sociedade e da iniciativa privada, a instituição consegue levar comida, também, através de cestas básicas. No ano passado, foram entregues 3.479 unidades, aproximadamente 52 toneladas de alimentos. “Agradeço os alimentos doados. Chegaram bem na hora que eu precisava. Que nunca falte na mesa de ninguém”, agradece Bárbara, de 37 anos.

CAMPANHA AMIGOS DE FÉ
Para agravar a situação a Arquidiocese de Porto Alegre perdeu a Filantropia. Com isso, o Centro Social será afetado com um aumento de 30% no custo operacional mensal impactando, diretamente, na qualidade do atendimento a quem precisa. Para enfrentar essa situação e aumentar as doações espontâneas, o Centro Social está lançando a campanha "Amigos de Fé" com slogan "Para continuar próximo de quem precisa, a gente precisa de você". Para participar basta entrar em contato através do telefone (51) 98410-5400 ou pelo e-mail contato@csppl.org.br. “O bem comum requer a participação e a responsabilidade de todos. Cada um fazendo a sua parte, construindo laços comunitários e relações humanas mais solidárias. É assim que iremos, juntos, construir uma sociedade melhor”, conclui Ceron. Sociedade melhor já sentida pela Lucimara, de 18 anos. “Aqui é tudo para mim”, diz a jovem, frequentadora do local.

HONRA AO MÉRITO
No dia 18 de abril, o Centro Social Pe. Pedro Leonardi recebe da Câmara Municipal de Porto Alegre, o diploma de Honra ao Mérito. A distinção, por proposição da vereadora Cláudia Araújo e aprovação do Plenário da Casa, se deve ao trabalho realizado pela instituição em prol da capital.

Acesse as Redes Sociais
Instagram: @centrosocialpadrepedroleonardi
Facebook: centrosocialpadrepedroleonardi

Site: www.padrepedroleonardi.org.br

DOAÇÕES
Quem quiser apoiar e viver a nossa causa, pode entrar em contato através do telefone (51) 98410-5400 ou pelo e-mail contato@csppl.org.br. É possível, ainda, fazer transferência bancária através das contas abaixo:

+ AJUDA
Mitra da Arquidiocese de Porto Alegre (CNPJ: 92.858.000/0034-03)

BANRISUL
Agência: 0797
Conta: 06.001181.1-6

SICREDI
Agência: 0116
Conta: 42451-0

PIX
CHAVE DE ACESSO: 92858000003403 (CNPJ)

Conheça o CENTRO SOCIAL PE. PEDRO LEONARDI

Afastado do Centro, mas próximo de quem precisa. O Centro Social Padre Pedro Leonardi, localizado na Restinga, em Porto Alegre, foi criado no dia 21 de abril de 2005. É uma instituição sem fins lucrativos, vocacionada a atender pessoas em situação de risco e vulnerabilidade social, garantindo o acesso à direitos básicos através da oferta de serviços e projetos, que trabalham o resgate da cidadania e dignidade, além de promover qualidade de vida. O Centro Social pertence à Paróquia Nossa Senhora Aparecida da Restinga - Mitra da Arquidiocese de Porto Alegre.

Dirigida pelo Padre Ceron, nossa Instituição mantém parcerias com a Fundação de Assistência Social e Cidadania (FASC) de Porto Alegre, tendo 208 crianças e adolescentes atendidas pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (06 a 17 anos) e também 03 Casas Lar que acolhem crianças e adolescentes entre zero e dezessete anos temporariamente afastados de seus responsáveis, devido medida judicial. São situações que apresentam fragilidade e/ou rompimento de vínculos familiares. Em cada Casa é possível acolher até 08 crianças e adolescentes.

Nossos serviços direcionados às crianças e adolescentes trabalham o resgate da autoestima do usuário, seu pertencimento social e comunitário, a partir de atividades lúdico/pedagógicas e sócio assistenciais, de segunda a sexta, no contraturno escolar, em diferentes espaços da instituição. Para estes serviços, dispomos de biblioteca, salas de atividades, auditório, quadra de esportes, pista de skate e refeitório.

Contamos também com a parceria da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS), onde ofertamos para o público em situação de rua e extrema vulnerabilidade e risco nutricional o Projeto Restaurante Popular Restinga. Este, é a descentralização do Restaurante Social, onde são servidos para nossos usuários 100 almoços por dia, além de atendimento e acompanhamento social e orientação de locais para busca de garantia de direitos.

Divulgação: Adriano Cescani
Fotos: C2 Comunica