Pianista australiana Primavera Shima faz sua primeira apresentação em Porto Alegre

  • Cultura
  • 13/09/2021 - 16:56
  • 156 Views

Em recital no Instituto Ling neste sábado, dia 18 de setembro, a instrumentista interpreta obras de Wagner, Liszt, Ravel, Rachmaninoff, Kreisler e Granados. O concerto poderá ser acompanhado presencialmente ou em transmissão ao vivo

Em sua primeira vez no Brasil, a pianista australiana Primavera Shima tem passagem garantida pela capital gaúcha. Em recital neste sábado, dia 18 de setembro, às 18h, no Instituto Ling, a musicista apresentará um programa especial com obras de grandes compositores da música de concerto, como Sergei Rachmaninoff, Fritz Kreisler, Enrique Granados, Richard Wagner, Franz Liszt e Maurice Ravel.

O concerto será realizado em formato híbrido, podendo ser acompanhado em transmissão ao vivo ou presencialmente no centro cultural, que opera com capacidade reduzida, recebendo apresentações intimistas em seu salão de eventos. Para receber o link direto da transmissão, é necessário fazer inscrição prévia e sem custo no site www.institutoling.org.br. Já os ingressos para assistir ao recital no Instituto Ling custam R$ 25 para quem tem direito a meia-entrada e R$ 50 inteiro, e podem ser adquiridos no site da instituição.

Australiana radicada em Paris, na França, Primavera já se apresentou em locais de prestígio, como a Liszt Academy, em Budapeste, e a Sala Verdi, em Milão, além de ter apresentações regulares no Festival Internacional de Palermo e de já ter se apresentado com a Filarmônica de Gaia e o maestro Juan Carlos Lomonaco, no Festival Internacional Gaia de Música. Única artista a receber duas vezes o prêmio Sterndale Bennett, já foi premiada em diversas competições, como o 7° Concurso Internacional de Piano de Mayenne, no qual recebeu o primeiro prêmio e o prêmio do público, e o 16° Concurso Internacional Scriabin, em Grosseto, no qual conseguiu a segunda colocação.

É diplomada com honras pela Royal Academy of Music, em Londres, e também estudou na Ecole Normale de Musique, em Paris; na Colburn School, na Califórnia; e na Juilliard School, em Nova Iorque. Foi aluna de nomes como John Perry, Margaret Hair, Elizabeth Powell, Ian Fountain e Marian Rybicki.

Esta programação é uma realização do Instituto Ling e do Ministério do Turismo / Governo Federal, com patrocínio de Crown Embalagens e Fitesa e curadoria e produção da Branco Produções.

Ações de prevenção e combate ao coronavírus
Para o formato presencial, foram disponibilizados apenas 20 lugares, seguindo rígidos protocolos sanitários para prevenir e reduzir a disseminação do coronavírus. Os protocolos foram definidos a partir dos regulamentos e orientações emitidos até o momento pela Organização Mundial da Saúde, autoridades nacionais, estaduais e locais, e também com recomendações de profissionais da área da saúde do Hospital Santa Casa de Porto Alegre, que prestou consultoria para o Instituto Ling. O guia completo que detalha os cuidados da instituição pode ser conferido em https://institutoling.org.br/explore/covid-19-guia-de-regras-para-acesso-e-visitacao-ao-instituto-ling.

SERVIÇO – PROGRAMAÇÃO HÍBRIDA – MÚSICA
Primavera Shima
Pianista australiana apresenta recital com obras de Wagner, Liszt, Ravel, Rachmaninoff, Kreisler e Granados
Dia 18 de setembro, sábado, às 18h
Em plataforma digital e no Instituto Ling (Rua João Caetano, 440 – Três Figueiras – Porto Alegre/RS)

Ingressos
Plateia online: Gratuito, mediante inscrição prévia no site do Instituto Ling
Plateia presencial: R$ 25,00 meia-entrada e R$ 50,00 inteiro

Pontos de venda
Site: www.institutoling.org.br
Recepção do Instituto Ling: funcionamento de segunda a sábado, das 10h30 às 20h

Classificação etária: Livre
Duração: 60 minutos

Informações úteis
institutoling.org.br
Fone: 51 3533-5700
Email: instituto.ling@institutoling.org.br

Medidas de segurança e regras de visitação
- Uso obrigatório e correto de máscara (cobrindo boca e nariz durante todo o tempo da visita);
- Limitação do número de visitantes (se nossa capacidade reduzida já estiver completa quando você chegar ao Instituto Ling, aguarde no lado de fora a sua vez de entrar);
- Medição obrigatória da temperatura corporal (pessoas com a temperatura acima de 37,8°C deverão realizar duas novas medições. Caso a temperatura elevada se confirme, o acesso ao Centro Cultural não será permitido e a pessoa será orientada a buscar auxílio médico);
- Tapetes bactericidas nos acessos para limpeza dos calçados;
- Respeito à distância física de 2 metros (se estiver acompanhado, respeite a distância em relação aos demais visitantes);
- Guarda-volumes fechado (para segurança de todos, evite trazer mochilas ou malas);
- Higienização das mãos com álcool desinfetante (temos dispensers de álcool desinfetante instalados ao longo do prédio);
- Substituição de materiais impressos e folders da nossa programação e das exposições por QR codes (use seu celular para acessar);
- Sinalização informativa sobre regras de acesso e visitação (por favor, cumpra nossas orientações e solicitações);
- Dê preferência ao uso de escadas, deixando o elevador para visitantes preferenciais (cadeirantes, mobilidade reduzida, maiores de 65 anos e gestantes). Você vai perceber que, agora, um lado da escada sobe e outro desce. Por favor, siga a sinalização indicada para manter a distância indicada e evitar aglomerações;
- Reforço das equipes de limpeza para sanitização frequente nos espaços de circulação e em áreas de uso comum (banheiros, elevador, torneiras e corrimões).

Estacionamento: o Instituto Ling possui estacionamento com 40 vagas.

Bicicletários: há bicicletários gratuitos em dois pontos: um localizado dentro do estacionamento e outro na parte externa do prédio, com 32 vagas.

Transporte coletivo: o transporte coletivo de Porto Alegre conecta o centro cultural a diversas regiões da cidade de Porto Alegre. As linhas de ônibus mais próximas são: T2, T2A, T11, T11A, T12, T12A, T13, 344.2, 432, 671 e a lotação João Abbot.

Acessibilidade: o prédio do Instituto Ling foi projetado para propiciar comodidade e autonomia aos portadores de deficiência, além de oferecer excelente conforto térmico e acústico. O Instituto Ling possui o Selo de Acessibilidade da Prefeitura de Porto Alegre, conforme o Decreto nº 15.752 de 5 de dezembro de 2007, que atesta o atendimento da instituição às pessoas com diferentes características antropométricas e sensoriais, de forma autônoma, segura e confortável. O centro cultural oferece também a possibilidade de contratação de um intérprete de Libras, além do acesso à audiodescrição do acervo de artes visuais, dos espaços do prédio e paisagismo. Todo material de audiodescrição se encontra disponível em tablets fornecidos pelo Instituto Ling.

Sobre o Instituto Ling
Criado e mantido pela família Ling desde 1995, o Instituto Ling é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a transformação da sociedade. Sua missão é promover o desenvolvimento humano e a evolução da sociedade através da disseminação de diferentes formas do conhecimento, da liberdade de pensamento, da valorização da cultura e da saúde. Na área da educação, desde 1995 auxilia jovens líderes a desenvolverem seus potenciais intelectuais e empreendedores através da concessão de bolsas de estudo para as melhores instituições do mundo. A abertura de seu Centro Cultural em Porto Alegre, no ano de 2014, ampliou e solidificou a atuação do Instituto, firmando-o como centro de referência na disseminação do conhecimento e do livre-pensar, fomentador da educação de excelência em seus múltiplos formatos e provedor de serviços e produtos culturais diferenciados, com elevado padrão de qualidade e estética.

Na área da saúde, o Instituto Ling estabeleceu parceria com o Hospital Moinhos de Vento, em 2015, para a implantação de um centro de referência no tratamento do câncer em Porto Alegre, e com a Santa Casa de Misericórdia, em 2019, contribuindo para a construção do novo prédio do complexo hospitalar em Porto Alegre. A família Ling, mantenedora do Instituto, é proprietária da “holding company“ Évora. O grupo empresarial produz e comercializa latas de alumínio para bebidas, não-tecidos de polipropileno (usados principalmente na produção de descartáveis higiênicos) e tampas plásticas para bebidas e produtos de higiene e beleza.

Divulgação: Jessica Barcellos
Foto: Lika Banshoya / Divulgação