Miniarte desafia artistas a retratar a vida em pequeno formato

  • Cultura
  • 22/03/2021 - 14:35
  • 504 Views

Projeto criado por Clara Pechansky busca apresentar panorama das artes visuais em várias regiões do mundo.

O Projeto Miniarte Internacional, criado e coordenado pela artista visual Clara Pechansky, já definiu o tema e também os locais e datas das duas exposições a serem realizadas este ano no Estado. Os artistas que atenderem à convocatória produzirão obras sobre a temática que mais se impõe neste momento histórico da humanidade: VIDA. As obras serão apresentadas ao público em 18x18 cm, tradicional formato da Miniarte, fundada em 2003.

Com o lançamento formal da 40ª edição nesta segunda-feira (22/03), o regulamento da iniciativa (em português, inglês e espanhol) foi disponibilizado aos interessados no site www.miniartex.org. As inscrições para artistas brasileiros serão recebidas entre 5 de abril e 30 de junho.



São convidadas especiais da coordenadora nessa edição as artistas Darmeli Araujo, Débora Irion, Eliane Santos Rocha, Esther Bianco, Inês Benetti, Flávia de Albuquerque, Liana Timm, Rita Gil, Thid Dalcol e Zoravia Bettiol. Outros artistas reconhecidos, inclusive do exterior, também são convidados de Clara Pechansky para a presente Miniarte.



Gramado e Porto Alegre

A Miniarte Vida será aberta em 4 de setembro e irá até 10 de outubro no Centro Municipal de Cultura de Gramado, com patrocínio da Secretaria da Cultura da cidade. Na sequência, de 4 a 26 de novembro, a mostra será remontada na Gravura Galeria, em Porto Alegre. As exposições serão instaladas fisicamente e estarão abertas à visitação presencial, seguindo os protocolos sanitários das autoridades.



O objetivo do Miniarte Internacional é apresentar um panorama das artes visuais de várias regiões do mundo. Democratizante e inclusiva, a proposta acolhe os trabalhos inscritos sem submetê-los à seleção. As obras são expostas em ordem alfabética, permitindo a conexão de uma diversidade de influências culturais sem que se perca a individualidade de cada artista. A produção coletiva será reunida num catálogo virtual.

Por meio do Projeto Miniarte Internacional, o Brasil já estabeleceu parcerias artísticas com Argentina, Austrália, Bélgica, Canadá, Chile, Colômbia, Cuba, Estados Unidos, Holanda, Inglaterra, Irlanda do Norte, Itália, México, Portugal e Taiwan em edições anteriores.

Com 65 anos de carreira profissional, a artista visual e gestora cultural Clara Pechansky define a força do formato 18x18: “Assim como a menor palavra pode ter tanto poder quanto o mais longo discurso, também uma pequena obra de arte pode ter um grande impacto sobre o observador”.

Divulgação: Carlos Souza
Fotos: Luis Ventura e Divulgação