728 x 90

Espaço do Escritório de arquitetura Recyklare na Mostra Elite Design 2018 prima pelo conceito mesclar e combinar

Os arquitetos Luiz Fernando Rhoden e Tales Beier Ferreira, da Recyklare – Projetos de Arquitetura, Conservação e Restauro – apostaram em um DNA de restauração e valorização de objetos históricos e afetivos no Escritório da dupla na Mostra Elite Design 2018. O espaço chamado “Estúdio na Serra” tem mesclas de peças de antiquários com mobiliário contemporâneo, criando um aconchegante ambiente, como pedem as moradas na serra. Seguindo a proposta mesclar e combinar presente nos trabalhos assinados pela Recyklare Arquitetura, os arquitetos buscaram trabalhar o afetivo e a praticidade da vida moderna sem perder referências históricas e de memória.

Para o Estúdio na Serra, os profissionais selecionaram cores quentes nas paredes. Os tons em azul intenso e vermelho rosado ganham mais vida com o adorno de obras de arte dos artistas gaúchos Britto Velho e Suzi Etchepare. Em um dos extremos do recinto, está localizado o home teather e a lareira ecológica à etanol, de Néia Serafim Lareiras e Churrasqueiras, finalizada com cerâmica Ceusa. A mesma cerâmica foi utilizada para o agradável espaço gourmet integrado à mesa de jantar. Ao lado da lareira, uma cristaleira clássica garimpada de antiquário proporciona requinte e classe.

Os ambientes são harmoniosamente demarcados pelo mobiliário, como a mesa de jantar e o sofá. Sobre a mesa, um lustre de chifres sintético e demais spots tornam o ambiente acolhedor e característico da serra gaúcha. O uso de arranjos de plantas naturais dá vida e sugere utilidade para o dia a dia dos moradores do Estúdio na Serra, como a pequena horta presente no espaço gourmet. Para os acessórios de cozinha, Luiz e Tales selecionaram elegantes peças da Tramontina Linha Design Colection, Garden e Venax. Além do mobiliário com design assinado por Aristeu Pires e das soluções arquitetônicas planejadas pelos profissionais, o ambiente traz arte, estilo e muita personalidade.

Para envolver o visitante no clima da serra gaúcha, os arquitetos optaram por criar janelas que têm como vista imagens de paisagem da região proporcionadas por painéis fotográficos. Para simular a luz do dia, junto as janelas incluíram uma continua fita led de alta potência com tom quente. O espaço conta com sistema de automação da Beyond o qual permite o controle da iluminação, persianas e demais equipamentos através dos interruptores de luz, assim como pelo celular acessado por aplicativo próprio, de forma bastante simplificada.

Divulgação: Dixon Comunicação
Fotos: Eduardo Liotti e Divulgação