728 x 90

O negócio do luxo

Primeiramente, gostaríamos de agradecer imensamente as inúmeras manifestações de carinho e elogios à nova coluna e dizer que são um estímulo para continuarmos a fazer sempre melhor. Também nos surpreenderam os incontáveis e-mails com as mais variadas questões e interesses específicos no setor do Luxo, os quais procuraremos responder abordando nos temas que seguirão na coluna. Sem dúvida, um mercado promissor e com grandes oportunidades para muitas pessoas e empresas.

Apesar do caráter exclusivo da matéria, no sentido de exclusão mesmo, realmente o mercado do Luxo é para profissionais com capacidade de investimento e uma real vocação para o setor. Isto porque errar neste setor pode custar muitos milhões. Atualmente, grandes grupos como LVMH, detentores de inúmeras marcas de Luxo em seu portfólio, sabem que somente algumas delas, apesar de todo esforço publicitário e experiência no setor, conseguem realmente um lugar ao sol, ou melhor na mente ávida do consumidor de Luxo e, consequentemente, gerar lucros. A maioria das marcas, no entanto, após anos de existência, ainda acumulam prejuízos e não conseguem se estabelecer em muitos mercados. Isto porque o conjunto de medidas necessárias para se manter uma marca em evidência vai muito além de dinheiro em publicidade ou em celebridades avalizando a marca.

Um conjunto extenso de atividades envolve a manutenção de marcas de Luxo e mesmo as grandes empresas concentram estes esforços naquelas com maiores chances de sucesso. No entanto, para que todas tenham alguma chance algum dia de alcançar o sucesso, o conjunto de medidas e atividades para sua existência e manutenção são exatamente os mesmos.

Se você é detentor de uma marca e pretende entrar neste setor, tenha em mente que uma das condições básicas para estar no setor do Luxo é tradição. E tradição somente o tempo pode lhe proporcionar. Portanto, comece já. Tempo é dinheiro? Sim, mas tempo é tradição também! E se você já detém sua marca há algum tempo, também é possível encurtar este trajeto e lhe conferir tradição através de algumas técnicas muito conhecidas dos especialistas. Aqui no Rio Grande do Sul já é possível, através dos cursos de extensão de algumas universidades, adquirir conhecimentos mais aprofundados sobre a gestão de marcas e produtos para o setor do Luxo. Um mundo completamente diferente do comércio tradicional.

O mais importante é determinar dentro da pirâmide do Luxo qual o nível que você pretende abranger. No topo da pirâmide do Luxo estamos falando de apartamentos acima de 10 milhões de dólares. Aliás, as vendas destes triplicou nos últimos dois anos em Manhattan. Ou então de supercarros exclusivos como uma La Ferrari de 2 milhões de dólares, com a qual você certamente comprará o novo relógio Hublot La Ferrari que custa 300 mil dólares e que, segundo a campanha publicitária, é o único relógio que realmente combinará com sua nova possante!

Bem, quer descer um pouco desta estratosfera, que apesar de parecer distante já tem números bem definidos, cerca de 211, 205 pelo mundo afora, e atuar no mundo dos consumíveis exclusivos e com preços na esfera terrestre? Já temos um potencial importante no Sul do país com empreendimentos beirando os 10 milhões de reais e com toda a sofisticação. Para este público existe uma infinidade de serviços e produtos que ainda podem ser oferecidos e, portanto, um excelente mercado para pessoas, comércio e indústria. Mas, atenção, se sua agência ainda lhe fala dos três “Is” da marca (Imagem, Integridade e Identidade), saiba que hoje uma marca para ter chances no setor do Luxo já necessita de outros nove atributos indispensáveis!! Quais são? Outra dica valiosa da Onne & Only exclusiva para seus leitores.

Comecemos por substituir Imagem por Visibilidade, Integridade por Reputação e Identidade por Consistência. Estas novas denominações se enquadram melhor no contexto e interligação com os demais atributos essenciais e fundamentais da construção de sua marca de Luxo. Os demais: Inovação, Criatividade, Tecnologia, Qualidade, Exclusividade, Estilo, Controle, Universalidade e, last but not least, Emoção, a palavra de ordem do famoso Marketing 4.0. Ups, você não está familiarizado com marketing 4.0? Run, Run, Run. Um exemplo atual acaba de entrar na campanha publicitária da joalheira Tiffany. Sucesso, controvérsia, polêmica, ingredientes importantes no cultivo e avanço das marcas de Luxo.

Naturalmente seu produto, além de refletir os atributos de marca que você identificou acima, ele possui os seus próprios que também são fundamentais para figurar entre os catálogos de folhas espessas e laqueadas que você só encontra nos mais elegantes endereços. Parece complexo não? E é, bastante. Mas não se assuste, a Onne & Only tem mais uma dica valiosa para você. Qual a narrativa que acompanha seu produto? What????? Exatamente, você não quer que seu produto venda muito e por muito tempo e em muitos lugares do mundo? Então você tem que contar uma história sobre seu produto. Uma história contada muitas vezes se transforma em uma lenda e uma lenda, com todos seus mistérios e variações, quando contada repetidamente, se transforma em “Mito” e, como você sabe, um mito é imortal.

Pronto, aí está seu produto que vai lhe render até quem sabe um lugar no museu! Poltronas que vendem até hoje desde 1970, tecidos que vendem até hoje desde o século XVII e uma infinidade de outros produtos que continuam vendendo mais e mais, são os chamados clássicos. Na realidade eles são mitos que têm por trás uma história ou “estória” sempre intrigante e interessante. Qual é a sua? O mundo dos produtos e serviços do Luxo tem muitos destes segredinhos que você vai descobrindo aos poucos através da exclusiva Onne & Only.

Até a próxima edição.

Últimas Colunas

Instagram @revistaonne