728 x 90

Você já ouviu falar de “Mommy Makeover”?

Este termo vem sendo muito utilizado nos EUA para descrever uma combinação de procedimentos cirúrgicos focados em deixar as mamães com o corpinho que tinham antes da gravidez.
“Mommy Makeover” é a combinação entre as cirurgias de seios e abdômen com lipoaspiração. Ou seja, a intenção é que através de cirurgias plásticas associadas o cirurgião possa tratar a maioria das alterações causadas pela gravidez no corpo da mamãe.
O trauma físico da gravidez, nascimento do bebê e amamentação podem causar efeitos muito negativos no corpo feminino. Muitas mulheres acabam ficando com sobra de pele e gordura na barriga, flacidez e estrias também são comuns. Os músculos do abdômen podem se afastar e causar o que chamamos de diastase (afastamento) dos reto-abdominais, que só pode ser corrigido com cirurgia.
Algumas pacientes também podem desenvolver hérnia na região da cicatriz umbilical. Já com relação aos seios, as principais queixas das pacientes após a amamentação é que as mamas diminuem de tamanho e caem, a pele fica flácida, algumas vezes com estrias e com os mamilos muito baixos. É claro que nem todas as mulheres que tiveram filhos evoluem com esse tipo de alteração após a gravidez. No entanto, é muito comum essa situação, e as mulheres que sofrem com essas queixas muitas vezes acabam se sentindo infelizes. Ficam inibidas para tirar a roupa ou colocar roupas menores, muitas vezes modificam a maneira de se vestir para disfarçar certas imperfeições. Por isso, a combinação entre a cirurgia plástica dos seios e da barriga tem sido cada vez mais realizada para melhoria da qualidade de vida das mamães. Nos seios, elas podem utilizar a cirurgia de aumento com prótese de silicone, associada ou não à mastopexia (levantamento da mama com retirada de pele em excesso). No abdômen, pode ser indicado uma abdominoplastia ou miniabdominoplastia, dependendo da quantidade de sobra de pele que existe, e comumente se associa a lipoaspiração para melhoria do contorno corporal e tratamento das gordurinhas que estão em excesso. O termo “mommy makeover” pode ainda não ser tão conhecido aqui no Brasil, mas nos EUA já é uma febre entre as mamães que desejam voltar a ter o corpo parecido com o que possuíam antes da gravidez.
Cada vez mais existe a pressão para que as mamães voltem ao corpo perfeito após o nascimento do filho. É importante lembrar que devemos esperar um período mínimo de seis meses após a gravidez para a cirurgia e que também a mamãe não esteja mais amamentando.
Nem sempre podemos associar cirurgias. É importante a avaliação do cirurgião plástico para ver se a paciente está em boas condições de saúde e que a cirurgia tenha um tempo de duração menor que 4 horas, como preconiza a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, para que não aumente risco de complicações para a paciente. Esse tipo de cirurgia deve ser realizado em ambiente hospitalar e a paciente necessitará de 15 a 30 dias para poder voltar a suas atividades do dia a dia. Precisamos entender que, diferente de como se pensava no passado, as mamães modernas devem sim se manter vaidosas. Os cuidados com a beleza costumam aumentar a autoestima das mulheres, melhorando assim sua qualidade de vida.

Últimas Colunas

Instagram @revistaonne